Radio D Série 1 | Aprender Alemão | Deutsche Welle

Informações:

Sinopsis

Alemão para iniciantes: Paula e Philipp investigam casos misteriosos. Acompanhe os dois redatores da Radio D pela Alemanha e aproveite para aprender a língua alemã! [versão em português]

Episodios

  • Capítulo 26 – Despedida de Ayhan

    Capítulo 26 – Despedida de Ayhan

    14/03/2007 Duración: 15min

    Uma notícia triste: o colega Ayhan se despede da redação e muda para a Turquia. Apesar da surpresa preparada pelos colegas, a alegria não domina a atmosfera de sua festa de despedida. Quando Paula entra de manhã no escritório, ela se depara com os preparativos para uma festinha. Mas o motivo da festa não lhe agrada: Ayhan abandona a redação da Rádio D e vai para a Turquia ajudar seu pai. Na despedida, há um pequeno discurso e um presente para Ayhan, que o deve lembrar de sua amiga Eulalia. Neste episódio, o professor dispensa a unidade gramatical por causa da festa. Ele não resiste, entretanto, a fazer observações sobre palavras compostas.

  • Capítulo 25 – Saudação dos navios

    Capítulo 25 – Saudação dos navios

    14/03/2007 Duración: 15min

    Os redatores tentam descobrir o sentido da expressão "getürkt". Para isso, eles visitam um porto inusitado, onde cada navio é cumprimentado de maneira especial. No porto de Willkomm-Höft, cada navio que entra é recebido com o hino nacional do país de sua procedência. Em uma peça radiofônica, Paula e Philipp exploram a origem desse costume. A este fato também está ligada uma possível explicação para o sentido da expressão "getürkt". Enquanto isso, Ayhan passa o tempo com um livro sobre corujas. Como Eulalia não pode ler, Ayhan lê em voz alta para a coruja. Neste episódio, trata-se novamente de prefixos verbais. Como o sentido do verbo muda por meio do prefixo?

  • Capítulo 24 – O jornal de Hamburgo

    Capítulo 24 – O jornal de Hamburgo

    14/03/2007 Duración: 15min

    A coruja Eulalia leva os dois redatores à pista certa. Eles descobrem que os colegas do jornal de Hamburgo estão metidos na história. Uma observação de Philipp provoca a indignação de Paula. Paula, Philipp e Eulalia descobrem que o jornal de Hamburgo montou a história com o suposto tubarão nas docas para aumentar sua tiragem. Mais tarde, inicia-se uma briga entre Philipp e Paula sobre o uso de uma determinada palavra. Um convite de Philipp para o porto de Willkomm-Höft deve acalmar Paula. Se Philipp tivesse prestado mais atenção à escolha da palavra, Paula não estaria tão zangada com ele. Com respeito a prefixos verbais, trata-se, às vezes, de nuanças. Algums prefixos especificam o sentido do verbo. Também a separação do prefixo do verbo na forma conjugada deve ser considerada.

  • Capítulo 23 – Um mergulhador com barbatana de tubarão

    Capítulo 23 – Um mergulhador com barbatana de tubarão

    14/03/2007 Duración: 15min

    Paula e Philipp resolvem o enigma sobre o suposto tubarão e elucidam mais uma vez uma fraude. No início, os motivos da encenação não ficam claros para eles. Eles recebem ajuda inesperada da coruja Eulalia. À procura do surfista desaparecido, Paula e Philipp encontram um mergulhador e descobrem uma pista para elucidar o enigma do tubarão. Com uma barbatana de tubarão nas costas, o mergulhador levou medo e pavor à metade da população de Hamburgo. Mas por que faz isso? Enquanto isso, Eulalia apareceu em Hamburgo e pode ajudar a resolver o problema. Ela também descobriu algo. Com sua observação, Eulalia introduz um dos tempos do passado, o perfeito. Atenção especial merece, aqui, a formação do particípio perfeito.

  • Capítulo 22 – O surfista desaparecido

    Capítulo 22 – O surfista desaparecido

    14/03/2007 Duración: 15min

    Philipp e Paula procuram pistas do tubarão. Eles fazem descobertas curiosas: uma prancha de surf sem surfista nas docas e um confuso artigo de jornal lhes chamam a atenção. Longe do tumulto, os dois redatores investigam para descobrir o que aconteceu com o tubarão misterioso. Uma prancha de surf quebrada sem surfista faz supor o pior. Então eles ainda descobrem, no jornal Hamburger Zeitung, uma foto do tubarão … e de seus colegas Laura e Paul, que parecem estar realmente apavorados. Mas como tudo isso combina? Pelo menos na gramática, algo combina. Neste episódio, o tema central são os pronomes "sie" e "er", que se adaptam ao substantivo como os artigos tratados no capítulo anterior.

  • Capítulo 21 – Um tubarão em Hamburgo

    Capítulo 21 – Um tubarão em Hamburgo

    14/03/2007 Duración: 15min

    Com temperaturas insuportáveis na redação da Rádio D, uma incumbência de pesquisa no litoral chega em boa hora. Paula e Philipp devem ir a Hamburgo. Pelo que tudo indica, um tubarão anda dando voltas pelas docas.Não está sendo fácil para Paula, Philipp e Ayhan. O calor no escritório é insuportável e não há nem mesmo um ventilador. O desejo de Paula de um passeio para um lago ou para o litoral é facilmente satisfeito por Compu. Os redatores devem ir a Hamburgo, onde foi visto um tubarão no porto. Os dois redatores não encontram passagem entre a multidão, atraída pelo suposto tubarão. Para o professor também se torna complicado. Mostrar a desinência do artigo masculino no acusativo não é fácil. E também a negação "kein" adapta-se ao substantivo pelo mesmo esquema.

  • Capítulo 20 – Enquete entre os ouvintes

    Capítulo 20 – Enquete entre os ouvintes

    14/03/2007 Duración: 15min

    Paula e Philipp perguntam a opinião dos ouvintes. O tema do programa se chama: "Mentira pode ser pecado?" Os ouvintes podem se manifestar quanto aos círculos de cereais falsos e avaliar o procedimento dos agricultores. "Mentira pode ser pecado?", pergutam Paula e Philipp hoje aos ouvintes. O motivo são os círculos de cereais, sobre os quais os dois redatores relataram. A fraude dos agricultores é condenável ou a culpa é mesmo dos crédulos turistas? As respostas dos ouvintes são claras. Diferentemente dos ouvintes, que podem responder a pergunta da redação com sim ou não, o professor escolhe uma tarefa com três possibilidades de resposta. No alemão, além do feminino e do masculino, há um terceiro gênero, o neutro. Isso é explicado através dos artigos "der", "die" e "das".

  • Capítulo 19 – A fraude foi descoberta

    Capítulo 19 – A fraude foi descoberta

    14/03/2007 Duración: 15min

    Apesar de os círculos de cereais terem sido feitos pelos agricultores, Eulalia acredita fielmente na existência de discos voadores. Investigações sobre a fraude dos círculos levam Paula e Philipp ao bar do povoado. Paula e Philipp desvendam a fraude com os círculos de cereais, mas eles não têm certeza, apesar disso, da não existência de discos voadores. E o que significa realmente a abreviação OVNI? Eulalia pode ajudar e até mesmo insiste em já ter visto, uma vez, um disco voador. Finalmente, os dois redatores perguntam aos clientes do bar do povoado o que eles acham sobre os círculos de cereais falsos. Esta retrospectiva dos clientes do bar é uma boa oportunidade para introduzir o pretérito. O verbo irregular "sein" tem algo especial. O verbo modal "können" é tratado mais uma vez. É importante observar, aqui, a mudança da vogal no radical do verbo.

  • Capítulo 18 – Observação noturna

    Capítulo 18 – Observação noturna

    14/03/2007 Duración: 15min

    Paula e Philipp tentam descobrir o segredo dos círculos e observam a plantação. O que eles descobrem, porém, não leva a crer que tenha sido obra de extraterrestres. Enquanto, durante o dia, o esperto dono da plantação cobra cinco euros dos turistas para permitir tirar uma foto, Paula e Philipp espreitam a floresta à noite. Eles estão à espera de discos voadores. Em vez disso, aparecem dois homems com uma máquina. Foram eles que fizeram os círculos na plantação para atrair os turistas? No final, ainda parece surgir um disco voador, o que provoca bastante confusão. Menos confuso que os acontecimentos na plantação de cereais é o verbo "machen", que é bastante multifacetado. O professor apresenta diferentes possibilidades de uso da palavra.

  • Capítulo 17 – Círculos de cereais

    Capítulo 17 – Círculos de cereais

    14/03/2007 Duración: 15min

    Círculos misteriosos em uma plantação de cereais motivam Paula e Philipp a fazerem uma pesquisa no local. Trata-se de um campo de pouso para óvni ou alguém quer ganhar dinheiro com os curiosos? Quando Ayhan chega ao escritório da redação, Paula e Philipp estão a caminho de uma reportagem. Em uma plantação de cereais, foram descobertos círculos misteriosos que ninguém pode explicar de onde vieram. Assim como os redatores, muitos turistas são atraídos pela inusitada atração. E os habitantes do povoado descobriram, rapidamente, como podem lucrar com o acontecimento. Na confusão, pessoas de diversos interesses se encontram. Os turistas querem satisfazer sua curiosidade, os redatores querem solucionar um mistério e os agricultores talvez queiram ganhar dinheiro. Uma observação mais exata do verbo modal "wollen" é necessária.

  • Capítulo 16 – Ícaro

    Capítulo 16 – Ícaro

    14/03/2007 Duración: 15min

    Ícaro, o trágico herói da mitologia grega, fascina os dois jornalistas. Mas, afinal de contas, os ouvintes sabem quem foi Ícaro? Paula e Philipp explicam aos ouvintes enquanto contam sua história. A fantasia de Ícaro de um garoto inspira Paula e Philipp. Em uma peça radiofônica, eles explicam a lenda grega. Trata-se da queda do jovem voador Ícaro, que não leva a sério as advertências de seu pai Dédalo. Ele não resiste à tentação e se aproxima do sol, que acabar por derreter a cera de suas asas. "Não voe muito alto, não voe muito baixo", Dédalo diz a seu filho Ícaro. O imperativo, que é tratado aqui, pode significar um pedido, um convite, um aviso ou uma ordem. Se Ícaro tivesse entendido as palavras de seu pai como uma ordem, será que ele não teria caído no mar?

  • Capítulo 15 – Fantasias de carnaval

    Capítulo 15 – Fantasias de carnaval

    14/03/2007 Duración: 15min

    Mais uma vez, os redatores Paula e Philipp relatam da rua sobre o carnaval. Ao mesmo tempo, eles descobrem muitas fantasias diferentes e, além disso, aprendem diversos dialetos alemães. De volta ao escritório, Paula se vinga de Ayhan, utilizando, inesperadamente, costumes de carnaval. Da confusão da rua, Paula e Philipp relatam sobre as fantasias originais. Eles encontram Papageno, personagem da ópera de Mozart "A flauta mágica", e Ícaro, herói da mitologia grega. No carnaval, Philipp e Paula conhecem pessoas de diferentes regiões e, com eles, também diversos dialetos, que são tratados, aqui, de forma mais exata.

  • Capítulo 14 – Bruxas na Floresta Negra

    Capítulo 14 – Bruxas na Floresta Negra

    14/03/2007 Duración: 15min

    Contrariando as expectativas, Philipp relata são e salvo da Floresta Negra e deixa-se contagiar pelo ambiente animado do carnaval. Por outro lado, sua colega Paula tem problemas com as fantasias. Philipp desfruta da atmosfera de carnaval. O tumulto age de forma completamente diferente sobre Paula, que não só está à pocura de Philipp, como também tem que achar o carro roubado. A confusão com os mascarados lhe prepara algumas dificuldades. E, finalmente, Ayhan faz um brincadeira de mau gosto com Paula, que já estava nervosa. Assim como as fantasias de carnaval, as funções do verbo sein são bem variadas. Neste episódio, os ouvintes aprendem diferentes complementos verbais.

  • Capítulo 13 – Segunda-feira de Carnaval

    Capítulo 13 – Segunda-feira de Carnaval

    14/03/2007 Duración: 15min

    O entusiasmo pelo carnaval divide a redação da Rádio D. Um pedido de pesquisa de Compu, que conduz os dois redatores justamente à carnavalesca Floresta Negra, não agrada a todos os participantes. O carnaval, festejado intensamente em algumas regiões da Alemanha, provoca divergências no escritório, na tradicional Segunda-feira de Carnaval. Paula não consegue dividir o entusiasmo de Philipp, cuja fantasia de bruxa ela acha ridículo. Para maior alegria de Philipp, uma pesquisa exige uma viagem à Floresta Negra. Ali, bruxas fantasiadas assaltam carros no agito do carnaval. Os dois jornalistas partem para uma reportagem ao vivo, que no início não dá certo. Philipp é puxado para fora do carro e raptado pelas bruxas. Menos caótico que os dias de carnaval é a posição dos elementos na frase em alemão. Uma olhada na posição do sujeito e do predicado leva à clareza.

  • Capítulo 12 – Correio dos ouvintes

    Capítulo 12 – Correio dos ouvintes

    14/03/2007 Duración: 15min

    Quando não se entende alguma coisa, perguntar é uma boa solução. O professor responde às perguntas dos ouvintes referentes a episódios passados: é uma boa oportunidade para a revisão e o aprofundamento dos conteúdos. Os ouvintes perguntam e o professor responde. Na ocasião, ele trata as perguntas com profundidade. Para os ouvintes, é uma boa oportunidade para revisar os conteúdos e aprofundar seus conhecimentos ou simplesmente para perguntar aquilo que sempre quiseram saber. As perguntas dos ouvintes: que tipo de tratamento deve ser utilizado para cada situação? A quem devo dizer "du" ou "Sie"? Como devo me apresentar? Quando utilizo nomes, quando sobrenomes? Qual o sentido das partículas modais "denn", "doch" e "eigentlich" e qual é a diferença entre "nicht" e "nichts"?

  • Capítulo 11 – A coruja falante

    Capítulo 11 – A coruja falante

    14/03/2007 Duración: 14min

    De onde vem realmente o nome Eulalia? Compu, Ayhan e Josefine pesquisam o significado e encontram logo várias respostas. Um colega espanhol, que escutou da presença da coruja, presta ajuda.A coruja Eulalia quer saber o significado de seu nome. Na redação da Rádio D, as pessoas arregaçam as mangas e descobrem que ele vem do grego. Também o colega Carlos, da redação espanhola, tem informações interessantes sobre este tema. Ele conhece uma santa que tem o mesmo nome. Mais uma vez, surgem dúvidas não esclarecidas na redação. Aproveitando a oportunidade, vale a pena dar uma olhada nas frases interrogativas com e sem pronomes interrogativos. A entonação da frase interrogativa é, no caso, também de interesse especial.

  • Capítulo 10 – Entrevista com o rei Ludwig

    Capítulo 10 – Entrevista com o rei Ludwig

    14/03/2007 Duración: 15min

    Philipp se encontra com o ator que interpreta o rei Ludwig no musical e solicita uma entrevista. De repente, ele reconhece a voz. Enquanto isso, a redação recebe uma visita inesperada. No castelo de Neuschwanstein e mesmo sem a ajuda de Paula, Philipp resolve, finalmente, a questão de quem se fez passar pelo falecido rei Ludwig: é o ator do musical sobre o rei Ludwig. Philipp aproveita a oportunidade e pede uma entrevista ao ator. No regresso para a Rádio D, ele fica admirado com uma visita inusitada. Uma coruja falante apareceu no escritório da redação. Este episódio prepara muitas surpresas para Philipp: várias vezes, ele fala "não acredito nisso" e "não sei disto". Os ouvintes podem dar uma olhada na negação "nicht".

  • Capítulo 09 – Música para Ludwig

    Capítulo 09 – Música para Ludwig

    14/03/2007 Duración: 15min

    Philipp também acha uma pista para desvendar o segredo do desconhecido: no jornal, ele encontra um anúncio para um musical sobre o rei Ludwig. A caminho do musical, ele entrevista turistas de diferentes países. Enquanto Paula se encontra no escritório, em Berlim, Philipp dá voltas por Munique. Ele ainda não sabe sobre a descoberta da colega. Mas Philipp também está no caminho certo para solucionar o enigma. Um anúncio de um musical sobre o rei Ludwig desperta seu interesse. No ônibus para lá, ele pergunta aos turistas sobre suas expectativas quanto ao musical. Este episódio treina a compreensão auditiva. Na cena no ônibus, trata-se de reconhecer o alemão entre diversas outras línguas. Além disso, também é tratada a posição da negação "nichts" após o verbo.

  • Capítulo 08 – Revelação do desconhecido

    Capítulo 08 – Revelação do desconhecido

    14/03/2007 Duración: 15min

    Paula e Philipp entrevistam o suposto rei Ludwig no castelo. Por acaso, Paula faz uma descoberta interessante, que lhe esclarece quem é, realmente, o desconhecido misterioso. Os dois redatores conseguem entrevistar o suposto rei Ludwig ressuscitado em transmissão ao vivo. Ainda assim, a verdadeira identidade do desconhecido misterioso continua desconhecida. Mas quando Paula volta ao escritório, um comercial lhe leva à solução do enigma: ela reconhece a voz na propaganda. Preferências não se deixam expressar se também não é dito quem ou o que se gosta. Então, o verbo "lieben" necessita de um complemento verbal, o complemento acusativo.

  • Capítulo 07 – Ludwig, o rei de conto de fadas

    Capítulo 07 – Ludwig, o rei de conto de fadas

    14/03/2007 Duración: 15min

    Paula e Philipp apresentam o romântico Ludwig da Baviera e suas preferências. Passeios noturnos de trenó e festas enebriantes. Também invenções curiosas dão uma primeira impressão de Ludwig e sua época.Os dois redatores raptam os ouvintes para uma viagem ao século 19 e apresentam o sonhador rei Ludwig: seu amor pela natureza, pela música de Richard Wagner e sua ligação íntima com a prima, a lengendária imperatriz Sissi. Uma mesa original, que Ludwig mesmo inventou, é motivo de admiração. Neste episódio, tudo gira em torno das preferências de Ludwig – uma boa oportunidade para investigar o verbo "lieben". As mesmas terminações valem para o verbo "kommen", que, por isto, serão tratadas ao mesmo tempo.

página 1 de 2